Franquia Maislaser anuncia novo diretor-geral, mira 500 unidades e internacionalização

A franquia Maislaser, rede de depilação a laser com mais de 200 unidades e que tem a empresária e apresentadora Ana Hickmann como sócia, anuncia Eduardo Caldas como novo diretor-geral.

Caldas é formado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e tem vasta experiência no franchising, com passagens pelo Grupo Bittencourt, pela TAM, SGS Unigeo Agricultura de Precisão e a rede Help, do banco BMG. Nesta última, atuou por três anos e meio, fazendo a franquia decolar de 300 para 800 unidades.

O novo diretor-geral da franquia Maislaser chega para mais que dobrar o tamanho da rede. Em um ano e meio, a meta é alcançar 500 franquias em todo Brasil. Além disso, a marca tem planos de internacionalização. “Estamos avançando para uma proposta de negócio no exterior. Em no máximo dois anos, a previsão é de inaugurar a primeira unidade na Europa ou nos Estados Unidos”, comenta.

Outro desafio de Caldas será a transformação cultural da franquia Maislaser, com o objetivo de promover ainda mais qualidade em todos os processos da rede, desde a gestão do franqueado até o atendimento ao cliente.

De acordo com balanço divulgado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), o segmento de Saúde, Beleza e Bem-Estar cresceu 10,5% em faturamento, sendo um dos mais promissores e ultrapassando o que tinha sido projetado pelo setor, com alta mesmo no início da pandemia.

Para ser proprietário de uma franquia da Maislaser, o investimento inicial é de R$ 470 mil. O prazo de retorno estipulado é entre 15 e 20 meses.

Ficha técnica

Investimento total (capital para instalação, de giro e taxa de franquia): R$ 470 mil

Taxa de franquia: R$ 120 mil

Capital de Giro: entre R$ 84 mil e R$ 101 mil

Área para Instalação: a partir de 35m²

Tipo de negócio: clínica de depilação a laser

Ano de fundação: 2018

Ano de fundação do franchising: 2018

Número médio de funcionários por franquia: 6

Número de unidades próprias: 1

Número de unidades franqueadas: mais de 200

Royalties: 8% sobre o faturamento bruto

Taxa de publicidade: 2% sobre o faturamento bruto

Faturamento da unidade: acima de R$ 120 mil após 12 meses

Lucro médio mensal: 30% sobre o faturamento bruto

Prazo para retorno: entre 15 e 20 meses

Fonte: Portal do Franchising