DIA DO IDOSO: CONHEÇA EMPREENDEDORES QUE INVESTIRAM EM FRANQUIAS DEPOIS DOS 60 ANOS

Mais de 18% dos brasileiros desta faixa etária ainda trabalham

No mundo todo, a data de 1º de outubro marca a comemoração do Dia do Idoso, e engana-se quem pensa que passar dos 60 anos significa aposentar-se e não trabalhar mais. Cerca de 18,5% dos quase 40 milhões de brasileiros acima desta idade ainda trabalha e 75% contribuem para a renda de onde moram. Mas muitos, ainda, decidem empreender.

Trouxemos histórias de alguns empresários que decidiram investir em uma franquia a partir dos 60 anos para provar que é sim possível produzir mesmo depois da aposentadoria.

Sidney Eduardo Kalaes, 60 anos: de falido à empresário (CEO) do Grupo Kalaes

Sidney Eduardo Kalaes, antes de ser o presidente do Grupo Kalaes, holding de franquias multisetoriais, tinha uma empresa milionária de revenda de computadores importados. Com a mudança repentina nas regras de importação, o negócio faliu. Kalaes tentou buscar ajuda com um amigo e que havia montado uma empresa semelhante, mas recebeu um não. “Ele se recusou a me ajudar, afirmando que eu poderia ‘contaminar’ a empresa dele”, lembra.

Por acaso, Kalaes entrou no franchising, pois havia começado a vender computadores para uma franquia que estava iniciando. Então, mergulhou no ramo, mudou processos da unidade que adquiriu. Com o sucesso, Kalaes se tornou máster franqueado desta rede e de outra de beleza, tendo 200 franquias sobre seu comando. Foi quando, aos 60 anos, decidiu vender a sua parte no negócio e fundar a própria holding, o Grupo Kalaes, hoje com as redes Maislaser, Instituto Ana Hickmann e Além do Olhar – Ateliê de Sobrancelhas e Odonto Special, hoje com mais de 400 franquias.

Fonte: Mapa das Franquias