Clínica de depilação a laser de Ana Hickmann inaugura em Lajeado

Com foco em tecnologia de ponta, a clínica de depilação Maislaser inaugura nesta terça-feira, dia 17, no Bairro Hidráulica, em Lajeado. A franquia de Ana Hickmann, com 98 unidades no país, traz a solução definitiva para pelos indesejáveis em cerca de dez sessões. “A ideia é trazer liberdade para a pessoa poder se expressar, de ficar tranquila quando vai na praia, de não se preocupar na hora de utilizar um short e de ficar com a pele irritada com outros procedimentos”, afirma Carolline Denadai, sócia da empresa junto com Samuel Bueno, que já abriu unidade em Santa Cruz do Sul, Novo Hamburgo, Caxias do Sul, Santa Maria e em breve inaugura Bento, Pelotas e Passo Fundo.

As sessões partem de R$ 55. O equipamento moderno é capaz de eliminar pelos na raiz, em todos os tipos de pele, e para todo público a partir da puberdade, independente do sexo. A tecnologia também ajuda no conforto durante o procedimento, pois a temperatura na ponteira do equipamento chega a -5ºC para resfriar a pele no momento em que o laser for ativado. Com isso, a sessão fica mais confortável.

Durante toda a semana ocorre coquetel de inauguração, no horário de atendimento regular da clínica: de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h, e nos sábados, das 8h às 14h. Assim, o público pode conhecer o espaço e ainda agendar atendimento.

Carolline informa que os clientes podem agendar avaliação para que a equipe possa fazer um tratamento personalizado. “A gente conversa, conhece o cliente, entende o que mais lhe incomoda, qual é a área que a pessoa quer depilar e por que. Depois disso, agenda o procedimento, que geralmente ocorre em 10 sessões”. Ela afirma que os pelos somem de forma definitiva por ter sido eliminado pela raiz, e informa que o equipamento é o único com fibra óptica do Brasil, oferecendo solução definitiva. “E aí acabou a dor de cabeça”, finaliza.

A clínica fica na Rua Bento Rosa nº 252, 05, no Vivacenter Open Mall, nas imediações do acesso à BR-386 pela Ponte Seca, no Bairro Hidráulica.

Fonte: Agora no Vale