A depilação a laser promove resultados excelentes para a remoção de pelos e melhora na qualidade da pele.

Neste artigo, conheça os principais cuidados que devem ser tomados após submeter-se ao tratamento.

A depilação a laser é uma excelente opção para quem está cansado da pinça, da lâmina ou até mesmo da cera para se livrar dos pelos que não são bem-vindos. Há alguns anos, o procedimento ganhou força e hoje é um dos mais procurados e realizados, principalmente pela sua eficácia e seus ótimos resultados.

Porém, é importante ressaltar alguns cuidados importantes após o procedimento, para garantir a saúde da pele e a plena satisfação com os resultados. A seguir, separamos uma lista com quatro cuidados necessários após a depilação a laser.

1. Nada de sol e outras fontes de calor

Você já deve ter ouvido falar ou deve saber o que é melanina. Aquela responsável pela pigmentação dos nossos fios de cabelos e pelos, lembra? Pois bem, ela também é responsável pela coloração da nossa pele. E isso tem tudo a ver com os procedimentos a laser.

Os equipamentos de depilação a laser funcionam através da atração da melanina. Basicamente, a energia entra em contato com ela, que está presente nos pelos. E isso, por si só, já pode deixar a pele mais sensível e temporariamente com vermelhidão. 

Neste caso, o sol pode causar um processo inflamatório potencializando a produção de melanina, além de deixar manchas vermelhas mais difíceis de serem tratadas posteriormente. 

Portanto, evite o bom e velho solzinho e também banhos muito quentes, pelo menos de cinco a sete dias após o procedimento, para que a pele possa cicatrizar sem medo de complicações.

2. Protetor solar e hidratantes com princípios calmantes

Nada de tomar sol, mas passe protetor solar como se fosse tomar um banho de mar!

Sim! Utilizar protetor solar em todas as regiões em que o laser foi aplicado é um dos cuidados essenciais após a depilação. Ele ajuda a proteger a pele e é indicado principalmente nas primeiras 48 horas após o procedimento.

Se o procedimento for realizado nas axilas, o ideal é um hidratante, por se tratar de uma região mais sensível. Os mais recomendáveis são aqueles com princípios calmantes. Os mais pesados devem ser evitados.

Lembrando que consultar um dermatologista é sempre a melhor alternativa.

3. Nem pensar em cera, nem pensar em pinça

Além da restrição antes do procedimento, a cera quente também é definitivamente restrita após a depilação a laser.

Você já deve ter notado que alguns pelos podem crescer mais rápidos que os outros, certo? É por isso que durante o período de tratamento com o procedimento a laser, os pelos não podem ser retirados da raiz. A pinça e a cera consistem em retirá-los pela raiz, o que não pode ocorrer, para que a eficácia e a saúde da pele sejam garantidas.

Neste caso, apenas lâminas ou métodos de aparos dos pelos podem ser utilizados para não prejudicar o tratamento.

4. Diga não aos ácidos

Ácidos retinóico, glicólico e salicílico estão presentes em cremes de tratamento para a pele. Esses produtos podem irritar e deixar a pele ainda mais sensível. Os profissionais advertem que os produtos que contém esses tipos de ácido, devem ser suspensos por, pelo menos, um mês, tanto antes, quanto depois da depilação a laser.

Liberdade e conforto. É o que você tem quando escolhe a depilação Maislaser. A liberdade de ter a pele sempre lisinha e o conforto de um tratamento que cuida de todos os tipos de pele com suavidade e resultados surpreendentes. Agende uma avaliação gratuita.